• Fotografia
    Como tirar fotos legais com o celular
    16 set 2015
  • Decoração
    Os 5 melhores diys de decoração (vídeos)
    24 fev 2015
  • Feminice
    Meus produtos favoritos da Dresslily
    28 jan 2016
  • 08 janeiro 2016

    Mais uma série viciante pra você assistir: Jessica Jones - 1ª temporada


    Lembra que eu disse que só conseguia assistir Supernatural? Gente, isso mudou! Agora tenho mais uma série que amo de paixão: Jessica Jones. Hoje vou contar um pouquinho pra vocês do que eu achei da série e todo aquele blá-blá-blá que todo mundo já tá acostumado, só que o meu blá-blá-blá é diferente e bom, então, leia. Obrigada. De nada.

    Sinopse: Desde que sua curta vida como super-heroína acabou de forma trágica, Jessica Jones (Krysten Ritter) vem reconstruindo sua carreira e passou a levar a vida como detetive particular no bairro de Hell's Kitchen, em Nova York, na sua própria agência de investigações, a Alias Investigations. Traumatizada por eventos anteriores de sua vida, ela sofre de Transtorno de Estresse Pós-Traumático, e tenta fazer com que seus super-poderes passem despercebidos pelos seus clientes. Mas, mesmo tentando fugir do passado, seus demônios particulares vão voltar a perseguí-la, na figura de Zebediah Kilgrave (David Tennant), um obsessivo vilão que fará de tudo para chamar a atenção de Jessica.

    Comecei a assistir sem nenhuma intenção de continuar. Apenas estava almoçando e queria assistir algo. Liguei a tv, botei no Netflix e de cara apareceu a 'propaganda' da série. Eu já tinha ouvido falar por aí, então resolvi dar uma chance à Jessica. Resultado? Fiquei o dia todo assistindo. E no outro dia a mesma coisa: Jessica, Jessica e Jessica

    Mas quem é Jessica? Senta aí que eu vou te contar, abigo(a). Jessica é uma detetive particular que tem superpoderes (adquiridos após um acidente). Ela luta durante toda a temporada contra Kilgrave, o vilão que a traumatizou. Kilgrave tem o poder de controlar a mete, e foi o que ele fez com Jessica, a controlou e obrigava ela a satisfazer todos os seus desejos, desde desejos sexuais [estupro] até matar inocentes. 


    Kilgrave, na visão real, é aquele homem que estupra, manipula, ameaça e ainda diz que queria seu melhor, que é o melhor pra você e que você nunca irá achar alguém melhor. Ter uma série abordando esse tema é de suma importância nos dias de hoje. 

    Outra coisa que eu amei na série foi o tapa que deu em todo preconceito, padrão ou coisa do tipo. Jessica não é simpática, não usa uniforme e não é 'gostosona'. Ela tem defeitos, é desbocada e não está nem aí para o que os outros acham.

    E digo mais: as mulheres dominam a série. A protagonista está rodeada de mulheres fortes, independentes e bem sucedidas. Trish, sua amiga-irmã que é linda, loira, inteligente e nem um pouco frágil. Hogarth, a advogada gay bem sucedida e cheia de personalidade. E muitas outras que fazem parte da trama. Não vi uma mulher indefesa que precisasse de um homem para defender. Não vi nenhuma personagem fazendo papel de vítima indefesa, muito pelo contrário. Uma série totalmente livre de esteriótipos! 



    E aí, ficou curioso(a)? Corre lá pra assistir os 13 episódios disponíveis no Netflix e me conta o que achou. Enquanto eu aguardo ansiosamente pela segunda temporada.

    Um beijo e até o próximo post!

    5 comentários:

    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi La! Esquece tudo isso, ok? Eu já te desculpei. ♥

        Excluir
    2. MELHOR SÉRIE!!!! Hahahahaha.
      Quando eu comecei a ver não consegui parar mais, sério! Terminei ela todinha em um dia hahahha. Ela prende de uma tal forma né? Fora que a Jessica é maravilhosa, queria ser igual a ela Clareando Ideias

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Verdade! Está pronta para a segunda temporada? Já disseram que está por vir ♥

        Excluir
    3. Efeito Jessica Jones! Comecei e adorei, já quero a 2 temporada. e curiosa para a serie com ela e Luke.

      ResponderExcluir